sábado, 20 de novembro de 2010

Revoltada (FAKE dos meus TEXTOS)!!!

Ai,ai,aiiiiiiii! Estou revoltada com a quantidade de pessoas que pegam os textos alheios e colocam em seus blogs como se fossem seus. Poxa, os textos que tem aqui são propriedades do blog sabiam? Isso não se faz. Além de ser crime, você está tirando o direito do outro, o carinho, o tempo que a pessoa teve pra fazer o tal texto.
Recebi um e-mail hoje encaminhado e o texto era meu, assinado como de outra pessoa. Pois é, meu colega fez isso, que onda.
Pois bem, resolvi procurar alguns textos de minha autoria no google, não é que achei uma porrada deles nos blogs do outros. O pior, sem meu nome, sem o link do blog, sem nada. Alguns são tão caras de pau que assinam em baixo como sendo dono. Isso mesmo, dono do meu texto.
É cada uma! Quando eu tiver tempo sairei a procura de vários textos e postarei aqui os blogs. Vai que vocês encontram algum de vocês também.
É caros amigos e leitores, um tempo que fico distante daqui, percebi que está uma zona. Carambaaa, temos que denunciar esse tipo de coisa.
Gente, qualquer texto que copia, é preciso colocar fonte. Se você apenas aderiu, tipo, citou alguma parte, mudou algo, mesmo assim é preciso citar a fonte. Até mesmo se você se inspirou, é preciso colocar a inspiração, de onde você tirou, de quem foi.
Vejo que muitas das pessoas que fazem isso, são novos no mundo blogueiro. Mas não começa assim. Primeiro que blogar é preciso saber, gostar do que faz e não simplesmente sair roubando os textos por ai.

Que todos aqueles que passem por aqui, leiam, deixem comentário se quiser e se for copiar, avisem, e levem a fonte com você.

Beijos a todos amigos blogueiros e leitores.
Amooo o carinho e os comentários de vocês.
Fico muito agradecida.


Galera, estou no twitter só me seguir: @JhennyCavassola

sábado, 10 de julho de 2010

Essa é a Real!

Putaa merdaaa! Porque as pessoas são tão mal agradecidas em? Porque as pessoas são tão egoístas em? Porque, quando tudo parece bem, explode?!
Ao mesmo tempo que amo o ser humano, tenho um nojo, mas um nojo terrivel! Sinto vergonha as vezes de ser humana.
As vezes me procuro no mundo e não me acho. Vejo pessoas estranhas, é como se eu fosse um espírito perambulando no mundo.
As pessoas só querem pisar, só fazem coisas que sejam de interesses próprio, até mesmo o bem é feito assim.
Fico indignada com tanta crueldade! Fico indignada com tanta falsidade, hipocrisia. Vivemos num mundo que um quer ser melhor do que o outro.
Vivemos num mundo que as pessoas querem ser melhores do que as outras. Um mundo de preconceitos, inveja, crueldade.... ah estou cansada, me sinto de mãos atadas, presa na minha própria ânsia de liberdade.
Vivo querendo melhorar as coisas, fazer as pessoas felizes custe o que custar. Isso cansa, isso suga!
Ainda mais quando estamos fazendo a nossa parte e as pessoas não estão fazendo a delas. O mundo passa pela gente ligeiramente, ele corre.
E as pessoas perdem tempo com coisas banais, não mudam, só ver o tempo passando e ver a vida passando e elas lá sentadas no banco. O banco da tristeza. Nem mesmo vai até ao palco, nem mesmo faz a dança da vida. 
Cada dia tomo um banho de sujeira e me sinto perturbada. São as noticias na tv, são as pessoas que nos rodeiam, são familiares, são aqueles que estão distante, mas que mesmo assim nos machucam.
ÓHhhh Deus, misericordioso, misericordiador, só a Ti Adoro, é o Soberano, me guia sempre na linha certa e não me deixes cair, nem errar.
Só Deus mesmo! Dai me força e coragem, pois sei que o tempo não para! 

Vou indo e ouvindo: ♫ The Smiths- The Boy With The Thorn In His Side ♫
Até a próxima, sempre passo no blog de vocês. Só não estou tendo tempo mesmo pra postar.
Me sigam no Twitter: @JhennyCavassola