terça-feira, 11 de setembro de 2012

Você e você!


A vida me ensina muitas coisas todos os dias. Entre essas coisas ela me ensina como conviver com os  “animais“ vulgo “seres humanos”. 

APRENDI QUE SOU EU E EU. Ninguém se interessa, ninguém se importa, todos são egoístas e não estão nem ai se a escolha ou o comportamento delas te magoará. 
Somos assim, a quem diga que não, mentira, todos nós somos assim. E todos nós decepcionamos e nos decepcionamos todos os dias por esperar demais e achar que as pessoas devolverão o carinho que temos por elas. Esqueça, ninguém liga, ninguém se importa!  Só existe você e você.  
A frase que mais me apego é: "Prefiro morrer, ao ter que viver na hipocrisia de acreditar que os humanos mudarão." da Samantha Rauber. E é isso mesmo e quando penso em dar um voto de confiança e acreditar nas pessoas, sou apunhalada. Tendencioso isso? 
Não sou pessimista, nem otimista, apenas realista e estou mais acordada do que nunca. Voltando a tratar as pessoas como elas me tratam ou como elas merecem serem tratadas. 

Um aviso aos navegantes: SAIBA LER OS SINAIS, ELES DIZEM TUDO!

(Jhennifer Cavassola)

3 comentários:

Luciano disse...

Vou levar um bom tempo pra ler seus textos. Apareça no meu tb...

Depois de muito tempo, to voltando também, aos poucos com meu blog. Apareça por lá como antes e me dá uma força!
Abraços.
Luciano

PAPIROS DE ALEXANDRIA - O Blog Mais Mediocremente Letrado da Internet

http://papiros.zip.net

Luigi Henrique De paula disse...

Eu estava procurando esse post já faz um tempo!o blog ta bom demais em,eu vou até recomenda para todos meus amigos pq é muito bom,como estou recomendando o www.rastreamentodecelular.net que estou usando na minha empresa de detetive que é muito bom tambem,nossa parabéns,to acompanhando teu blog,e vou recomendar,abraços

Mago disse...

Bem, generalista e intempestivo. Na verdade ninguém decepciona ninguém, as pessoas é que criam falsas expectativas ao esperarem do outro aquilo que ele não pode oferecer. Vivo todos os dias e não me decepciono com ninguém, porque sei que cada um tem seu jeito de ser e seus limites, fico triste porque algumas coisas poderiam ser diferentes e melhores, mas não me decepciono. Somos humanos, somos falhos...