quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Franqueza e bla blas...

"A franqueza não consiste em dizer tudo o que se pensa, mas em pensar tudo o que se diz." (Victor Hugo)

Falo bastante, sou bem animada, amo conversar. Claro que não sou daquelas que não deixo ninguém falar, dou a vez. Mas teve uma época que eu passava o dia sozinha e quando encontrava pessoas só queria gastar as palavras. O mal é que voltei a ficar mais vezes sozinha, mas como estou morando em uma cidade nova, ainda em adaptação, conhecendo pessoas, fico pesada pra conversar e acabo não falando muito.
Meus pais são falantes, na Bahia a maioria das pessoas falam muito e são meio nervosos pra conversar e eu não fico atrás, sou assim também. O bom é que são assuntos aproveitáveis e não gosto de falar da vida alheia. Mas claro que incomodo muita gente, por falar muito hehe
.
Por obsequio, sou muito franca! O pior é que quanto mais intimidade eu tenho com a pessoa, mais franca eu sou. Por ser franca, acabo magoando as pessoas que mais gosto. Sinceridade, franqueza e verdade caminham juntas. Claro que tudo deve ser com cautela, mas às vezes acabo exagerando. Já postei certa vez sobre mentira e dessa vez gostaria de dizer que mentira, falsidade e desonestidade caminham juntas. Mas é preciso ser humilde quando se é franco. Costumo dizer que o orgulho é o avesso da humildade. Sou defensora da humildade e acima de tudo é preciso ser humilde. Humilde pra amar, chorar, sorrir, conversar, ver... Tento conciliar a fala, a franqueza com minha humildade.
E quando chora? Sou mais franca ainda. Dizem que a lágrima é sinônimo de fraqueza, não acho! Acho que chorar é sinônimo de fortaleza. Não somos fracos quando choramos e sim francos com nós mesmos. Quando nos desmanchamos em lágrimas, é um desabafo, e a maioria das pessoas se sentem muito bem e ainda mais fortes.Estou falando sobre conversas, franqueza, bla blas, porque não tenho agüentado as coisas que tenho visto e escutado. Não estou colocando a boca no trombone, mas tenho deixado claro as coisas que não gosto.

Sou tão difícil de convivência rssss. Tem dia que acordo ótima, tem dias que acordo pra matar. Sou sistemática, não gosto de pessoas me visitando todos os dias, não gosto que terceiros opinem sobre minha vida a não ser que eu  as perguntem... Aqui no blog por exemplo, a porta  esta  aberta para todos vocês leitores.
Tenho ficado bastante irritada por estar morando perto dos meus sogros. Tem pessoas que vão na nossa casa,  mais pra observar tudo, falam o que veem, colocam olho grande, opinam demais, e fora que gosto de ter meu canto, gosto de ficar afastada, gosto de ficar na intimidade no meu lar. Não é porque meu esposo está morando na mesma cidade que os pais, que eles devem vim aqui todos os dias ou necessariamente uma vez na semana. Meus vizinhos por exemplo; reclamam porque vivo de porta fechada. Qual é meu? As casas já são todas coladas, escutam tudo, ainda querem  ver  e opinar? Santa paciência! Ah, ta  nem falei, moramos em uma vila militar, todos sabem da vida de todos e eles sempre procuram tudo, adivinham o que estamos fazendo em casa, essas coisas, mas são todos gente booa! Já deixei claro como gosto de viver e eles "parecem" entender.
Mas voltando a falar sobre meus sogros: minha sogra, tudo ela dramatiza, tudo ela quer precisar do filho, e é porque tem mais 2 filhos. E ficam dramatizando dizendo que meu esposo não dá mais atenção a eles, vixe é só o começo. O pior mesmo é não querer que o filho passe em um concurso melhor, só porque não quer  que o filho vá pra outra cidade. Meu esposo sendo formado em direito, tem pós graduação, OAB e continua bombeiro sem ao menos poder assinar como advogado por ser militar. Pais, tem que torcer para os filhos serem felizes, não importa aonde.
Assim não dá pow, larguei toda minha vida, emprego, meus amigos, minha família, meu lar, pra casar, pra ficar com o homem que amo... Daí essa concorrência toda, esse ciúme todo, tanta besteira. Só brasileiro tem essa mania de “família”, ah família. E no fundo nem valorizam porra de nada, pois família é a primeira a afundar a gente.
.
Quando Deus falou com Abraão, para que ele levasse sua família para outro lugar, pois acabaria com a terra que ele estava. Deus deixou claro para ele, que a família que ele falava era Saara e não a parentada. E assim foi feito!
.
Filhos não são nossos, temos que educar, amar, mas sabendo que eles não são propriedades nossa. Filhos são do mundo! Deus deixou a gente aqui pra acasalarmos e procriarmos.
Se não deu amor, educação antes, não adianta depois do filho adulto, formado, casado, querer voltar no tempo. Minha família está há mais de 2 mil km e meio longe de mim, fica tudo difícil e está grávida longe das pessoas que você ama, é um horror. A família do meu marido quer participar todos os problemas, como se nós fossemos culpados, ainda pedem para tentarmos resolve-los. Se fosse só isso, e o que procuram saber da nossa vida, afff, santa paciência! Estou pra chutar o pau da barraca, usar minha franqueza sem humildade nenhuma.
.
É, caros amigos, ainda bem que tenho esse espaço para desabafar e ler os comentários de vocês, graças a Deus isso ajuda bastante. Vocês são meus amigos virtuais aos quais valorizo e muito.

32 comentários:

Carol disse...

Oiiie querida, sim acho bom tu desabafar e tbm sou assim, não gosto quedeem pitacos na minha vida, ainda mais parentes (sogros)!
Olha sei que não é muito mais toda a força do mundo pra ti e pro teu nene, da tua amiga virtual!
Penso muitas coisas como tu! Gosto de ser avisada de visitas e coisas assim!
Beijos ... e obrigada pela força!
qualquer coisa.. chama lá!
beijos

Bárbara Fróis disse...

Nossa todas as minhas sogras eram gente boa, porque moravam longe e eu só via de vez em quando. kkkkkkk
Mas deve ser um porre, ter que ficar ouvindo opinião de sogra o que ela acha que tá certo ou não. O que você deve ou não fazer. Aff!
Mas eu sou a favor de você fazer o que manda seu coração. É a melhor coisa que você faz, apesar de voce as vezes dizer coisas que as outras pessoas não vão gostar de ouvir, você vai ta bem com voce, e acho que é isso que importa! Bejos

Agrilla disse...

guria, como eu faco pra criar um desses selinhos de parceiro e colocar o html disponível pra quem quiser linkar, pode me ajudar nisso?

Bárbara Fróis disse...

Tem selinho pra você!
Bejos

Bárbara Fróis disse...

Tem selinho pra você!
Bejos

Agrilla disse...

mudar de cidade é sempre complicado. as pessoas demoram a te aceitar como parte daquela comunidade. mas aos poucos, tudo fica bem.

Sofia,Pedro e Joana disse...

Olá querida mamã, eu também sou adepta da humildade, da frontalidade, da amizade e do respeito, são valores sólidos que deveremos cultivar.
Beijinhos e bom fim-de-semana, Sofia,Pedro e Joana

Fênix! disse...

Sei muito bem como é isso de família. Meu marido andou afastado por um tempo, mas agora ele está reforçando os laços. Só que deixei bem claro que na minha vida e na minha casa mando eu. Não aceito opinião de terceiros,a menos que peça, fora isso, nem pensem!

Sábado a minha sogra quis compensar a ausência de três anos dando uma de preocupada. Comigo não! Quando mais precisei e o filho dela principalmente, ela deu as costas. Hoje, depois de toda bagunça arrumada, ela reaparece querendo compartilhar das minhas alegrias. Pode parecer egoísmo meu, mas quem é dono dos beijos, também é dono dos peidos. E na hora do fedorento...ela correu!

Um beijo e excelente final de semana.

Beijo duplo, um seu e outro do bebê. O meu já foi encomendado, espero que a dona cegonha aceite o pedido. rs

kuandr disse...

Oolaaa minha amiga
qto tempo =D
meu pc ja esta novinho em folha e ainda foi "turbinado" ^^

e a ressaca... bom, essa ja nao me atormenta tem uns 2 dias hihihi

abracaooo e bom final de semana


www.kuandr.blogspot.com

Cαгolinα disse...

li seu post todinho. sabe, minha mãe é uma sogra muito chata. eu não gostaria de tê-la como sogra. tá sempre se metendo na vida dos meus irmãos, e isso fez com que um dos meus irmaos se mandasse pra Brasília.. e não tem jeito, morar perto de sogro, na maior parte das vezes é um saco mesmo, não dá espaço pra gente resolver nossos problemas do jeito que entendermos.

graças a Deus meu sogro mora a 400Km de mim e minha sogra, mora no sudeste.

espero que você consiga lidar com isso sem se estressar muito.. não pode.. isso desgasta!!

beijos.

Sophie disse...

Sabe, tbm tenho dificuldade de convivência.
E seu texto está cheio de verdades!

Tem um selinho pra vc lá no blog :)
=**

Sophie disse...

Está tudo ótimo! Só com bem menos tempo de passar pelos blogs e até pelo Sophie.
^^
=**

Inspirações disse...

Amei ver a sua visita. Obrigado. lembre-se que a casa é sua!

Vou pegar o seu selo sim! Muito obrgado mesmo...

Um graaande abraço!

Luciana disse...

Olá,
É estamos em um barco parecido,com uma diferença:Vc tem um ´marido né?E daí as coisas ficam mais fáceis...
Ow, vou fazer 5 meses dia 14 agora e vc,de qnto tempo?Já sabe o sexo?O meu é um rapaz.
Obrigada pela visita e venha "me ver" sempre que quiser

Words and Movies disse...

AI QUE LINDO !! adorei o seu comentário lá no blog ...
Concordo com vc...
Basta se exista amor entre os dois, com ou sem defeitos pra ficar perfeito !
HUhauahuhau
Bjão !

sandmanstarr disse...

Antigamente não seguia ordem por visitas, era tudo em qualquer lugar.

Mas acho melhor por em ordem de visitas.
Ajuda bastante quem dá mais visitas.

Modifiquei a ordem, veja se fica legal do jeito que está.

Aproveitando, que sistema você usa para verificar as visitas no seu blog?
Não gosto muito do sistema do wordpress, mas também acho que ele não aceita nenhum outro =[

beijos

Leandro Vitor disse...

Você está vivendo uma barra heim, cheio de gente xereta querendo dar pitaco e atrapalhando sua vida. Gostei muito o que você falou sobre as lágrimas, fez-me repensar alguns conceitos meus.
Beijos

O Sibarita disse...

Ô dona moça, você não é baiana? kkkk

Queria o que? Tem que ser assim mesmo é ou não é? kkkkkk

Excelente texto!

Eita, vc veio a Salvador em fia? Veio matar a saudade, que bom!

Obrigado pelas palavras no Sibarita. volte sempre...

bjs
O Sibarita

Dayara disse...

vc ganhou um selinho no meu blog ;)

Gerly disse...

Jhennifer, obrigada pela visita lá no Nadica.

De fato algumas mulheres andam se comportando cada dia pior em relação às roupas. É vergonhoso!
Mas qto a homens sem camisa dentro dos ônibus eu acho super falta de educação e de Higiene. Às vezes a gente tá toda bonita, perfumada e tem que passar atrás de um camarada desses, sem camisa, ou sentar do lado, sei lá. Eu não gosto. Acho que uma camisetinha num faz mal a ninguém e num mata ninguém de calor assim, né? rsrs...

Beijokas!

:o)

Gerly disse...

Ah, e o blog é mesmo uma terapia pra quem gosta de falar e às vezes não tem pra quem, pra quem quer se expressar e não tem como.

É relaxante e divertido.

E em sua maioria 0800, muito melhor do que qualquer análise. rsrs...

:o)

Lilliann disse...

Ola,vim te agradecer por sua visitinha e o recado em meu mural!Li seu desabafo aqui,(sempre acompanho seu blog maravilhoso) e gostaria de dizer que o melhor a fazer nesse caso é ignorar e tentar agir o mais natural possível,pra q isso nw afete seu relacionamento!Um bj enorme e muita paz em seu lar!!!

http://seiqueasvezesusopalavrasrepetidas.blogspot.com/

Bia *~* Ballu disse...

Tem selo lá no blog =)

Diva disse...

Oi,amiga

Obrigadapela visita e comentário.Adorei!

Sabe,somos muito parecidas...não sou muito de "visinhas cordiais" de parentes....notícias,só por telefone..
Já no Blog eu gosto muito de fazer amigos ,comentar e receber comentários..
Qual o seu signo?


bjs

Bill Falcão disse...

Lendo este post, Jhennifer, me lembrei de algumas passagens de "O Profeta", de Khalil Gibran. Conheces?
Recomendo! Pode te ajudar aí!
E um bjooooo!!!!!

Raquel El-Bachá disse...

Oi Jhennifer. Família de namorado e marido é sempre assim. As sogras sempre acham que seus filhos não cresceram, que as esposas e namoradas querem tomá-los, que a esposa ou namorada não é boa o suficiente para o filho. Adoram das pitacos em tudo. Fazem drama por tudo. Já sofri com isso com meu ex. A mãe dele dizia que eu era tão fraca que não ia aguentar parir, falava que eu não saberia cuidar de uma casa e de filhos, sendo que ela nunca chegou a me conhecer de verdade.
O pior é que os filhos não dão um basta nessa situação. Se vc reclama ainda falam: Ah, mas ela é minha mãe, não posso deixar de fazer isso por ela.
Deve ser dureza passar por isso estando longe da família e dos amigos como vc está. É bom mesmo desabafar.
Beijos.

Déia disse...

oieeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

saudade de vc moça, sumiu do msn, espero que esteja tudo bem, pelo post indo né?

Enfim... desejo tudo de bom pra ti e não esqueço jamais de vc, apos o carnaval o MUNDO AFORA vai passar por uma repaginada e você ganha um banner por lá \o/

beijo grande muitas felicidades e sucesso pra vc e sua familia.

bjos!

Wagner L. Moreno disse...

o importante é saber dosar em ouvir e falar...

Fernanda! disse...

Adorei a visitinha!
Apareça mais vezes!
beijos

Rosa disse...

Amiga linda,

Ê inferno!!! kkkk, menina, sou parecida com vc, sou de sair, zuar, brincar, falar bobagem, falar pelos cotovelos, diga-se de passagem... mas, chegou em minha casa, desligo tel, cel, porteiro eletrõnico, tudo! Adoro ficar em meu cantinho, sossegada, meditando, dormindo, amo dormir! Acredito que pessoas educadas e que tem o que fazer não vivem na casa dos outros de blá blá blá, pra isso inventaram fim de semana pôw... kkkk, não é porque é baiano que tem que ser esculhambado! Passo meses sem ir na casa de irmãs, mãe, parentes... fazer o que? trabalho, estudo, cuido de familia, tenho tempo não!! rsrs... Entendo você demais, sei que está grávida, precisa pensar, namorar, fazer sexo, rsrs baiana mesmo grávida, faz horrores hahuahuahuahu. Coloca ordem na casa mulher! Um ditado de vovô: educação, carro do ano e mulher da bunda grande, tem quem pode! Então educa a galera, seja sincera, pede que avisem quando forem a tua casa, e se não quiser receber visitas, coloca assim na porta: NÃO PERTURBE!!
Beijos, AMO v6s....

Rafhitch disse...

É Jheny isso é sempre um saco. Passo por isso todos os dias lá em casa com os parentes achando que somos os salvadores da pátria e sempre sem semancol achando que conseguimos fazer o que querem.

Seja sempre franca independente de qualquer coisa. E como você mesma disse, humildade sempre.

Abraços!!

Bruna Sayuri disse...

hahahahha
Moça primeira vez que visito seu blog e adorei, tem uns pensamentos mo parecido com o meu, rsrsrsr mas n tenho mt tempo pra postar nada em blog o meu ta parado já tem um tempão... rsrsrs vou voltar a postar.
Ahhh então esssa questão de visita é uma coisa complicada, se não visitamos os parentes eles falam e se visitamos falam tbm PQP. o mais importante é lembrar que a pessoa existe as vezes ligar e avisar q vai visitar, pq nem sempre estamos recepivas rsrsrsr
em fim... as vezes é bom sair um pouqinho do mundinho que vivemos. sai mt cedo de casa aos 17 anos e nunca fui mt de sair, hj percebo que isso me fez mt falta.pq n ampliei meu leque de amigos... hj com 23 anos sempre que posso sair eu saiu ou com os amigos ou sozinha mesmo .... é bom demais desabafar, seja com alguem ou aqui no blog mesmo.
Estarei sempre acessando e postando algo querida.
Um super beijo e Sucesso enorme pra ti