sábado, 6 de setembro de 2008

Cagadas Acontecem

No mundo de hoje, onde a eficiência e a competitividade são valores categóricos, nada pode ser mais assustador do que pagar mico.
Haveria mais felicidade se as pessoas se cobrassem menos e aceitassem mais suas falhas, medos e inseguranças.
Podemos nos permitir pagar tantos micos. É necessário libertarmos a criança que existe em nós.
“Quando crescemos, tendemos a adotar uma postura profissional rígida e séria. Matamos aquela criança alegre, livre - e por isso mais propensa à criatividade - que existe em nós para nos enquadrarmos no sistema do mercado”. (Regina Araujo)
Pagar mico é também uma oportunidade de aproveitar situações imprevistas para ressaltarmos nossa individualidade e originalidade. “Quando pagamos micos, somos nós mesmos, sem máscaras, sem códigos e sem qualquer possibilidade de aplicar fórmulas”. Pagar mico, além de ajudar a nossa própria aceitação, faz bem à saúde. Um bom mico sempre provoca boas gargalhadas – sejam as alheias ou as suas próprias. O riso e o bom humor são ações integrantes de uma saúde plena. Sorrir ativa regiões do cérebro vinculadas ao bem-estar e melhoram assim a capacidade imunológica. Já descobriram até que sorrir reforça o coração, um músculo. Ao rirmos, também oxigenamos o sangue e o cérebro.

Tenho um comportamento despojado, sou solta demais, faladeira, alegre... Acho que por isso q
ue já passei muitos apuros, paguei muitos micos.
Já cai na frente de todo mundo; bati moto de uma amiga; queimei um filme fotográfico de um cliente, que usaria as fotos pra trabalho; peguei ônibus errado e fiquei mais de 45 minutos rodando no ônibus com duas tias de outra cidade; rolava duas festas na mesma rua, daí entrei na festa errada; dei gargalhada de piadas que só eu achei graça e quando percebi, todos estavam sorrindo de mim; e uma vez fiquei conversando com uma pessoa, achando que era outra; fora os micos quando alcoolizada.

- Contarei agora duas cagadas master's rsss.

* Certo dia eu estava escutando meu programa de rádio preferido. Quase todos os dias o locutor mandava um alô pra mim, mesmo sem eu ligar. Resolvi ligar pra dar um alô e marcar presença. Quando desliguei o telefone, meu amigo Fabinho ligou pra mim. Colocou na linha mais 3 pessoas. Na conferencia telefônica só se escutava histórias, brincadeiras e riamos muito. Eu continuei a ouvir o programa, até que entrou as propagandas e o locutor começou a falar. Eu virei pra galera no telefone e disse: - Espera pessoal, o Beto vai falar meu nome, quero ver o que ele vai falar. Beto falou o nome de ciclano, beltrano, fulano e nada do meu nome... e eu dizia pra galera: - ele vai falar, ele sempre fala e hoje que eu liguei então. Os oferecimentos acabaram, começou a música e o Beto não falou. Nesse momento, todos mudos na linha e eu falava: - alô! Alô? Ei gente... A galera gritou: - Quac quac quac quacc (barulho do pato). Que micooo! Deus do céu. Aproveito pra mandar beijos pra essa galera: Fabinho, Glauber, Renatinho e Rogério.

* Certa vez na época do Colegial, estava eu e mais dois colegas conversando. Um deles se chama Daniel. Conversa vai e conversa vem, começamos a falar sobre João, um amigo nosso. E eu continuei a falar: - Sim, falar em João fiquei sabendo que ele está ficando com uma menina horrorosa. Me disseram que a voz dela é nojenta, que ela é magrela e fiz uma expressão com o rosto mostrando como era a garota. Daniel perguntou: Quem é essa menina? Eu respondi: - Uma tal de Luciana Duarte. O mesmo menino falou: - Luciana Duarte? É minha irmã. Ela está com ele mesmo.
Caraca, naquele momento eu queria enfiar minha cabeça no chão, me senti o ultimo biscoito do pacotinho prestes a ser comida. Dai falei toda pálida, sorrindo de lado e gaguejando: - suuuaa iirmã? Assim só falei o que fiquei sabendo, nem a conheço. Desculpa ai.
O outro menino sorriu e Daniel saiu. E o pior gente, é que eu iria falar mais coisas, historinhas dela com outros caras e tals. Graças a Deus ele falou logo que era irmã dele. Mas a situação mais constrangedora eu ainda não contei. Depois da cagada feita, vocês acreditam que dois meses depois ele me apresentou a irmã, na maior cara de pau em uma festa? Pois é, ela já estava sabendo de tudo e me tratou na maior frieza, sorrindo, debochando da minha cara. E eu novamente querendo enfiar minha cara no chão. Cagadas acontecem! rsss Quem nunca pagou um mico, que atire o primeiro gorila.
*
Postagem inspirada no livro "A arte de pagar micos e king kongs - Viver sem culpa" de Regina Araújo. O livro apresenta uma coletânia de tipos de micos, muitos com os quais o leitor vai se identificar. É ilustrado com desenhos de Alex Ponciano. A autora do livro Regina Araújo diz: “Mais do que contar micos, gostaria de incentivar todos que temem o novo, o desafiador, o ridículo e a exposição a perceber que estas vivências do mundo fazem parte do enriquecimento de nossa experiência”. Ao se arriscar, você no mínimo sai da rotina. O que fazemos de diferente é o que marca nossas vidas. Aproveito para sugerir ao Governo Federal que adote o seguinte lema em suas campanhas: ‘O Ministério da Saúde adverte: pagar micos faz bem à saúde’.
AGORA É A VEZ DE VOCÊS. EXPONHAM SEUS MICOS PREFERIDOS NOS COMENTÁRIOS.

20 comentários:

Allyne Alves [LynneHouse] disse...

Hahahaha...oh Jhennifer, que malvada! Tadinha da Luciana Duarte! hauhauaha....eu tb ja fiz coisas do tipo!

Acho que meus melhores micos, é gritar a pessoa na rua e nao ser quem eu penso!

Hahahahahahahahahaha.....

Beeeijo querida!

Talles Borges e Borges Moreira disse...

Nossa são tantos
KKKKKKKKKKK
Uma vez eu estava passeando com uma amiga numa avenida
Encontrei com uma outra q conhecia a um tempão
E ela estava saindo do carrinho de sorvete
Fui la comprimentar a ela
E sempre dou dois beijinhos
Quando eu fui dah os dois beijinhos
Ela virou a cara achando q eu queria o sorvete dela
Nuss fiquei de cara no chão!

Lelli Ramz disse...

hauhua...

o importante eh não perder a classe... mas s todos estes conceitos pesarem mto na mochila.. perca-a tb!!!

bjinhus, micos, risadas e gargalhadas

Lelli

Victor Aguiar disse...

Huihdsaidshauidhs
O único mico que eu me lembro, foi quando eu fiz xixi dentro da sala de aula.
Faz tempo, mais ficou marcado. hahaha

Luciano disse...

Uma coisa eu tô aprendendo: to me importando menos com os micos que possa vir a causar.. Uma das coisas que abandonei na adolescência, essa preocupação com o que vão ou não pensar das coisas que faço ou deixei de fazer da minha vida...
Fico feliz que vc tenha gostado do meu blog.
Espero que você possa voltar sempre por lá porque volta e meia pipoca um texto. E aí já viu, é aquela correria de sentimento pra tudo quanto é lado, rs...
Abraços
luciano
PAPIROS DE ALEXANDRIA
http://papiros.zip.net

Leandro Vitor disse...

Quem nunca colocou a mão na barriga de uma mulher e perguntou de forma amável: "está de quantos meses?" hahaha

norahaty disse...

hi.
you say(It is necessary to free the child who exists in us.)
but our modern world even do not allow childern
to live their childhood!!!!!!
Thanks

♥ Dany ♥ disse...

O que seria das nossas vidas sem os " MICOS" hein ?????
Aff ... na minha vida foram tantossssss !!!!
O importante é vc não perder a classe e voltar para o seu "Corpo " hauahuahauhauhaua.
No momento não lembro de nenhum específico, e ewu acho até meslhor assim , viu !
Vixeeeeee

Me add no msn : danielaestelita@hotmail.com

Talles Borges e Borges Moreira disse...

Oia eu voltandooo
Naum amor
Eh meu pai que nasceu em Juazeiro
Quero muito conhecer la
Dizem q eh lindo haha
Bjaum flor
Te espero sempre no meuuu!

carolbiasucci disse...

comigo foi assim: eu tava no supermercado com minha mae quando a fila do caixa tava dando uma puta volta, dai a fila do atendimento preferencial tinha tres pessoas so. eu tava barrigudinha nessa epoca (ja perdi os kilos) entao forcei a barriga pra frente pra dar impressao de que estava gravida.. e colou :D

até a menina do caixa perguntou de quantos meses, dai pelo tamanho que ficou o buxo eu disse: 5.. so que ela me olhou meio torta, mas deixou passar.. minha mae riu, riu, riu tanto que todo mundo percebeu que eu tinha era furado a fila do caixa, :P

fiquei com odio por mamae ter rido demais, mas tudo bem...

Talles Borges e Borges Moreira disse...

Haha sim sou designer, nossa q legal q jah trablhou nessa area
Eu amo photoshop, bom postie coisinha nova la
Te espero
Bjaum!

Cláudia disse...

Ah, mulher...
Tenho dormido pouco e pagado muitos, muitos micos... até já prometi escrever sobre isso, mas só para ter uma idéia estou constantemente procurando meu celular na bolsa, enquanto falo nele com alguém...

Pensa...

Bjo, Claudia

Matthew Salbego disse...

Eu trabalho num posto de informações num shopping, só que eu não conheço o shopping por dentro!ai um dia uma mulher veio e me perguntou onde era a farmácia, e eu disse que não tinha... daqui a pouco volta a mulher diz:
moço, deixa eu te dar uma informação:tem uma farmácia ENORME na frente dos bancos...
Eu queria só morrer naquela hora...

AMEI teu blog, e ja vai pros favoritos!!

beejO!

Allyne Alves [LynneHouse] disse...

Sumiste do meu blog ne bunita??

hauhauhuaa...

mtuuu obrigada pelo tradutor, eu adorei ele...

beeeijoo!

Allyne Alves [LynneHouse] disse...

hauahuhaa...obaaaaa!! que otimo...era essa mesmo a ideia!

Nao ficou ruim, sabe? mas nao ficou certo...entao eu fiquei feliz porque ficou gostoso, mas frustrada pq nao deu certo...

Pois é...acho que a gente apanha das faceis porque nossas maozinhas sao mtu top's! hahaha

beijao querida!

Allyne Alves [LynneHouse] disse...

é verdade querida!!!

aahh entao ta certo....

amem,voce também...se cuida!

Beijos

La Critique disse...

Arroz ou ar?

Estava voltando pra casa de ônibus. Saí de Campinas, onde peguei o ônibus, por volta das 23:30, e a partir dali passaria a noite viajando. Me sentei ao lado de uma menina. Conversamos a noite tooooda, e de repente agente sente um cheiro ruim dentro do ônibus, daí ela fala:

― Preocupa não, é cheiro de arroz queimado!

Eu logo pensei que estavam tipo queimando o resto da plantação do arroz ali por perto e ela seria uma grande conhecedora do assunto (detalhe, não existe plantações de arroz no meu trajeto).

― Nossa, não sabia. Legal.

― O que é legal?

― Esse cheiro ser de arroz queimado!

― KKKKKKKKKKK

― Que foi?

― Não é de arroz queimado. É de Ar Condicionado!

Sem comentários neh ¬¬.
Esse é um mico recente, mas tem um outro ainda que paguei esse fds que fui chamado de ladrão pq saí com um cd de um stand sem perceber, e ainda elogieo o stand da moça, agradeci e fui embora, quando penso que não ela me chama, e o pior: O CD ERA DE MONGES BENEDITINOS OU GROGORIANOS SEI LÁ. hsuahsuahsa

morri.

Taynar disse...

Cair de quatro, na porta da boate mais bombante, e ficar com o sapato preso no bueiro, com o cofrinho aparecendo conta???
auhauahuahhau

sou a rainha da quedaaa
=)

beijos

Robs disse...

Nossa...pagar mico é foda ne, mas depois que passa a gente morre de rir.

Paguei um mico esse fds cm um amigo meu, ele é gay...

Entramos num caixa rapido pra sacar dinheiro e ele estava me contando da vez q foi numa micareta em uma cidade proxima e na epoca ele namorava uma menina...rsrsrs

Como eu nao sabia q ele ja tinha ficado cm uma menina soltei na maior altura dentro do banco: "Vc ja namorou mulheres??".

Cara, o banco tv cheio e teve uma velhinha q ficou olhando pra gente super esquisita. Meu amiigo quis me matar e eu fiquei morrendo de vergonha.

Mas cm vc disse ne?? Cagadas acontecemm...hihihi

Adorei seu post, morri de rir e fiquei curiosa pra ler o livro.

Bjokass e boa semana!

Anônimo disse...

Bom o maior mico que já paguei foi quando eu trabalhava em uma loja de roupas e fui atender uma moça, cara ela tava com uma barriga enorme e bem redonda e dura parecia gravida de uns 07 meses sem brincadeira, ai fui mostrando roupas e mais roupas ai quis puchar um assunto, pra que que eu fui fazer isso..... Perguntei e ai já sabe o que é, e quando vai nascer, perguntei assim mesmo na seguência.... putz, ela saiu do provador co9m uma cara fechada e falou não estou grávida, por isso vim comprar roupas para disfarçar a barriga estou com mioma... cara como é que eu ia adivinhar...

bom esse foi só um dos micos que já paguei, que por sinal sou rainha de pagar mico.

outro foi aqui no trabalhop tem um carinha que trai a esoposa e eu não sabia a esposa dele ligou e pediu para falar com ele, ela já estava na cola dele, e a moça que ele sai é aqui do trabalho, adivinha só, eu atendi o telefone e passei para ele, falei fulano é a.... e falei o nome da outra, cara vc não tem noção da encrenca que eu causei, sem querer.
Ele falou se não sabe quem é, então não anuncia, vc arrumou a maior briga lá em casa, e eu não sabia o que fazer.